O lance condicional é uma excelente opção para você fazer um bom negócio em leilões. Entenda

O lance condicionail pode não ser tão famoso para quem não está acostumado ao mundo dos leilões. Mas é uma realidade que prova que o leilão não é uma modalidade de negócios tão engessada como muitas pessoas ainda pensam.

Quando um bem vai à leilão, seja ele um automóvel ou um imóvel, há o valor de avaliação, ou o valor mínimo estipulado para a venda. Isso acontece para que não haja desvalorização excessiva e o montante arrecadado satisfaça as necessidades do credor. Resumindo, se não houver nenhum lance igual ou acima do valor de avaliação, o leilão é encerrado sem venda. E é aí que entra o lance condicional.

O lance condicional

Ao contrário do que muita gente pensa, o “lance condicional” não está necessariamente atrelado a valores, apesar de também ser usado para baixar o valor de um bem que não recebeu o lance mínimo. No entanto, o lance condicional deve ser entendido como a proposta feita pelo interessado que “leva condições” ao juiz para que determinado bem seja arrematado. Esta condição pode ser: valor, condições de pagamento, uma documentação ou um tipo de posse. Por exemplo, um comprador interessado em adquirir uma fazenda que tem contrato de arrendamento, encaminha a seguinte proposta ao juiz: “Aceito pagar o valor de avaliação, desde que eu não precise arcar despesas de eventuais contratos de arrendamento que incidam sobre o imóvel.

Este é um exemplo de lance condicional. O leiloeiro então encaminha a proposta ao juiz para análise e uma possível aprovação. Cabe ao juiz aceitar, refutar ou pedir que as partes se manifestem.  

A proposta condicional é interessante por ser uma forma de se pagar mais barato por um bem que vai a leilão. As razões variam: o arrematante pode considerar, por exemplo, que o imóvel está em más condições e não concordar com o valor da avaliação. Assim, o juiz vai avaliar a proposta levando em consideração o valor inferior ao que está na praça.

Não chega a ser uma regra, mas há grandes chances de venda através de um lance condicional. E, caso isso aconteça, tudo segue normalmente: o comprador recebe as instruções quanto à forma de pagamento e o cumpre dentro do prazo estabelecido. Caso o lance condicional não seja aceito pelo juiz, o interessado também recebe o feedback através do leiloeiro.

Mas calma, o lance condicional só é válido depois do encerramento definitivo do leilão e caso o mesmo não tenha recebido lances à vista. Em outras palavras, após o fim da segunda praça. Ele não teria valor no final da primeira praça, porque, teoricamente, o leilão ainda está em vigência e, portanto, haveria tempo para novos lances.

Como dar um lance condicional

A recomendação da LUT é que você dê entrada com a proposta de lance condicional logo após o término do leilão (em segunda praça). Mesmo que não exista um prazo mínimo estabelecido para isso, o ideal é que você mostre interesse o mais próximo possível após o término da 2ª praça do leilão. Pense também que você pode não ser o único interessado naquele bem.

Vantagem do lance condicional

O lance condicional prova que é possível fazer negociações em leilões. Seja para reduzir o valor do bem, realizar um pagamento parcelado ou evitar o pagamento de taxas e dívidas atreladas ao bem, a sua proposta sempre será analisada e talvez aceita pelo juiz.

Regras do Lance Condicional

A sua proposta pode ser feita sobre as seguintes condições:

  • Desconto: Nenhum juiz aceita propostas com valor abaixo dos 50% referente ao Valor de Avaliação, exceto se esta condição estiver expressa no edital do leilão. Propostas de valor abaixo dos 50% sobre o Valor de Avaliação são consideradas “lance vil”, e são automaticamente descartadas pelo juiz. Normalmente os descontos dos bens em 2ª praça são de 30% a 40% sobre o valor de avaliação.
  • Parcelamento: É possível parcelar o valor a ser pago, obedecendo as seguintes condições: Valor de entrada de, no mínimo, 25% do valor do lance e o saldo restante dividido em até 30 parcelas mensais.
  • Reavaliação do Valor de Avaliação: É possível solicitar uma reavaliação ao juiz, desde que seja acompanhado de argumentos técnicos coerentes para justificar o pedido. Caso o juiz aceite o pedido de reavaliação e o bem tenha o seu valor reduzido, você poderá arrematá-lo pelo novo valor, sem necessidade de disputá-lo em um novo leilão.

Envie o seu lance condicional à LUT

Caso esteja interessado em algum bem que não tenha recebido lances em segunda praça, você pode dar o seu lance na própria página do leilão. clicando no botão Enviar Proposta Condicional, ou você escrever um e-mail para contato@lut.com.br. Após a sua proposta ser enviada, o departamento jurídico da Lut irá protocolar a sua proposta nos autos do processo para avaliação do juiz.

Para dúvidas e informações, entre em contato com a LUT GESTORA DE LEILÕES pelo e-mail contato@lut.com.br , pelo WhatsApp (11) 96468-3087 , ou pelo telefone (11) 5461-5750.

Confira as oportunidades da Lut Gestora de Leilões.